NA ESCURIDÃO DA NOITE

NA ESCURIDÃO DA NOITE.PT


Portugal

Mais do que um blog de Poetas Anónimos... é um encontro de culturas...

E-MAIL (Envie-nos as suas sugestões)


FAMÍLIA NA ESCURIDÃO DA NOITE:

NA ESCURIDÃO DA NOITE.RTA
 

 

A NOSSA EQUIPA

 
 
 

Duas horas de Poesia, Música, Conversas Poéticas, Agenda Cultural, Rubricas, na sua RTA às quartas-feiras a partir das 23h00 com Pedro Nobre & Rute Antunes, nós esperamos por si...


  

Almourol Castelo de Guimarães Castelo de Marvão Castelo de Óbidos Convento de Cristo Convento e Basílica de Mafra Fortaleza de Sagres Fortificações de Monsaraz Igreja de São Francisco - Porto Igreja e Torre dos Cléricos Mosteiro da Batalha Mosteiro de Alcobaça Torre de Belém Paço Ducal de Vila Viçosa Templo Romano - Évora

Portugal (de nome oficial República Portuguesa) fica situado no sudoeste da Europa, na zona Ocidental da Península Ibérica e é o país mais ocidental da Europa, delimitado a Norte e a Leste pelo reino de Espanha e a Sul e Oeste pelo Oceano Atlântico. O território de Portugal compreende ainda as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, situados no hemisfério norte do Oceano Atlântico.

Durante os séculos XV e XVI, Portugal era a maior potência económica, social e cultural do mundo, com um vasto império mundial. É hoje um país desenvolvido, economicamente próspero, social e politicamente estável e humanamente desenvolvido. Membro da União Europeia desde 1986, é um dos países fundadores da Zona Euro, NATO (ou OTAN) e da OCDE.

Capital Lisboa (38°42'N 9°11'O)
Língua oficial Português
Governo Democracia parlamentar
Formação (868 d.C.)
- Independência: 24 de Junho de 1128
- Reconhecida: 05 de Outubro de 1143

Área
- Total: 92,391 km²
- Água: (%) 0.5

Fonte: wikipedia

 
 


Grupo no Hi5

  
 
POEMAS EM ARQUIVO

 

   
 

ÚTEIS...


 Wikipédia, a enciclopédia livre Dicionário de Língua Portuguesa On-Line

Rimador Luso-Poemas

Palavra Terminação

 

SITES & BLOGS


  

SITES


  

Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
http://www.luso-poemas.net

  Cantinho da poesia
 
El Poder de la Palabra
  Instituto Camões
  Jornal de Poesia
  Poesia Erótica
  PROJECTO VERCIAL
 
Rua da poesia
  Triplov

 

BLOGS


  - A -

  A GRANDE FAUNA
 
A Minha Matilde
  A poesia do Zezinho
  alma da terra
  ALMA DE POETA
  almaenamorada
  Ana Luar
  Antona

- B -

  Blue

- C -

  CaRLOS gAMBOA
 
CCata Fdez
  CinQue

- D -

  DaVID MÕNINO
 
Daya Shakti
 
De Bohemia
  de caminho
  De Propósito

  Descontexto
 
DOCES POESIAS
  dreams

- E -

  efe
 
El desvan
  En estos momentos...
  Enquanto houver tempo
  Espejo de Luna
  ESQUITIN
  EStúdio da raposa
  eterna mente

- F -

  Fases da Lua
  fgiucich

- G -

  GUINEVERE

- I - 

  INSULAR

- J - 

  JOLGORIO

- L -

  lugares celestiales
  Luminescências

- M -

  Mentecato
  MenteSSUELTAS
  Meu Querido DiÁrio
 
Mi opio interminable
  MEMORANDU
  Momentos e Documentos
  Moonlight
  Mundo para ti

- O -

  O Alquimista
 
O Arauto da Ria
  O Sibarita
  otra vez aqui

- P -

  PlayingTheAngel
 
POEMAS DO MIGAS
 
POr Aqui Tudo bem
 
Princesa Dariak

- Q -

  ¿Quería Pensar?

- R -

  Realidade Torta

- S -

  SAndra becerri
  Si Yo No GaNo...
  Som & Tom
  Subversos
  SupermamÁ

- T -

  Tarí Alcarin

- U -

  uniVERSO Informal

- V -

  valÉria tarelho

- Y -

  yoymimismo

 
 

INFO BLOG

 

Desde 19 de Abril de 2005

  online



Licença do Creative Commons

 BLOG AMIGO DO AMBIENTE

  sexta-feira, setembro 29, 2006

  O PAÍS ESTÁ EM CRISE 

 


Estamos em tempo de crise
Dizem os nossos governantes
Que não querem dar nas vistas
Quando os nomes mais sonantes
São só os mais vigaristas
Será que o nosso país
É respeitado algum dia
E á quanto tempo já dura
O processo casa pia
Mandam-nos apertar o cinto
Mas eles não estão no rol
Encerram escolas e hospitais
Constroem estádios de futebol
Como a justiça vai mal
Neste país desgastado
Foi o dito saco azul
E gora o apito dourado
E diz o nosso ministro
Que não vai em futebóis
Um dia quando acordarmos
Isto é tudo dos espanhóis
Do crime já nem se fala
Os criminosos saem ilesos
Se os policias não se calam
São eles é que vão presos
Mas nem tudo está mal
Dizemos nós conformados
Somos os primeiros na Europa
Com mais desempregados.
 

NA ESCURIDÃO DA NOITE - O blog do poeta anónimo

 


8 Comentários:

Blogger Freyja disse...
Paulo
mi querido amigo, todos los paises tienen crisis
Europa tiene un avance increible en relacion a los paises Sudamericanos
ademas vives en un maravilloso pais como Portugal
animo amigo, pero tus versos siempre logran decir todo
te dejo mi abrazo con mucho cariño y que estes muy bien


besos y sueños
29 setembro, 2006 18:51  
Anonymous Ludovicus Rex disse...
O país esta a precisar de um novo rumo...
Bom Fimde Semana
30 setembro, 2006 01:13  
Blogger zezinhomota disse...
Amigo Paulo, eu subscrevo inteiramente todas as letras, todos os sentimentos de tristeza e frustração com que escreve.
Para quando aparecerão homens que nos tirem do fundo e verifiquem que as reformas profundas são bem precisas e necessárias.

Porto

Um abraço

do

ZezinhoMota
30 setembro, 2006 08:55  
Blogger weg disse...
(onde estará , a que bolsos terá ido parar o dinheito da UE, onde?)

Boas noites.

:)
01 outubro, 2006 01:31  
Blogger dreams disse...
era preciso uma revolução, mas nem o povo acredita mais...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”
01 outubro, 2006 16:09  
Blogger Saramar disse...
Poeta, o desalento dos seus versos parece descrever o meu país, coitado, violentado pela corrupção e pela indiferença dos governantes.
Infelizmente, tanto aí como aqui, estamos em crise.

beijos
02 outubro, 2006 01:01  
Blogger Alma de Poeta disse...
Paulo Silva, gostei imenso deste poema de intervenção. Voltei ao antes 25 de Abril, desta forma em forma de poesia.
Gostaria de te indicar o blog de um amigo., de muita qualidade e que vai dentro da tua linha de pensamento

http://umpoemadevezemquando.blogspot.com
02 outubro, 2006 13:39  
Blogger Miguel disse...
Hoje é um dia especial n´A Minha Matilde! Passa por lá!

Uma boa semana!
Bjks da Matilde
02 outubro, 2006 16:27  

Enviar um comentário

<< Página Inicial

 


 Criado por Pedro Nobre | Copyright © 2005 NA ESCURIDÃO DA NOITE.PT :: Todos os direitos reservados